Follow by Email

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Palavra Macumba - Aimé Césaire



Homem de muitas facetas, Aimé Césaire (1913-2008) foi um poeta, dramaturgo, ensaísta, político nascido na Martinica. Seu excelente desempenho escolar na Martinica lhe rendeu uma bolsa de estudos em Paris  , onde começou a escrever sobre as raízes africanas. Em 1934, ao fundar o jornal L'Étudiant noir, lança pela primeira vez o conceito de negritude que influenciou políticos e intelectuais na defesa pela independência dos países africanos. Sua obra, muito atrelada ao movimento surrealista e às raízes africanas, tem um sabor especial, sempre tratando as questões do colonialismo, da negritude, identidade e racismo.


Palavra-Macumba
a palavra é mãe dos santos
a palavra é pai dos santos
com a palavra serpente é possível atravessar um rio
povoado de jacarés
me acontece desenhar uma palavra no chão
com uma palavra fresca pode-se atravessar o deserto de um dia
existem palavras remo para afastar tubarão
existem palavras iguana
existem palavras sutis essas são palavras bicho-pau
existem palavras de sombra com despertadores em cólera faiscante
existem palavras Xangô
me acontece de nadar malandro nas costas de uma palavra golfinho

Mot Macumba
le mot est père des saints/le mot est mère des saints/avec le mot couresse on peut traverser un fleuve/peuplé de caïmans/il m’arrive de dessiner un mot sur le sol/avec un mot frais on peut traverser le désert/d’une journée/il y a des mots bâtons-de-nage pour écarter les squales/il y a des mots iguanes/il y a des mots subtils ce sont des mots phasmes/il y a des mots d’ombre avec des réveils en colère d’étincelles/il y a des mots Shango/il m’arrive de nager de ruse sur le dos d’un mot dauphin